31.7.08

Vontade




de quebrar tudo


e depois

escutar o mudo.



Metal

fere a alma
com uma salva
de palmas
com uma saliva
de almas
com uma fauna
de cabeças
calvas

metal
dói bastante
mas nunca
o suficiente.

24.7.08

Girafa

ser comprida
ver a vida
de cima
longa
fina
seguir
alinhada
empertigada
pescoço afora
olhos atrás
saberás
tudo
que foi
e o que vem
mesmo depois

vai girafa
o mundo gira
mas não te alcança.

21.7.08

Fluminense - 106 anos

o fluminense
é meu pai
o fluminense
é meu filho
o fluminense
é algo eterno
num mundo
para sempre
finito

o fluminense
é puro amor
o fluminense
é puro grito
o fluminense
é tanta cor
num campo
verde e
infinito

o fluminense
é a paixão
o fluminense
é um sentido
o fluminense
é a direção
pela qual
eu sempre
sigo.

15.7.08

Fome

a forma da fome
é obscura
acidez da alma
leve tontura
distorção
da percepção
perda da procura

a festa da fome
é a loucura
procura-se pratos fundos
de razão
e ração pura.

12.7.08

Corrente

ele encontra ela
como um elo
encontra outro
quem quebrar
essa corrente
não ganha
o biscoito.