18.1.17

Só um pouquinho...

o poeta
nunca
está sozinho
ele tem milhares
de palavras
soltas
no seu ninho
só para fingir
que a dor
é mais
um vício
de linguagem
uma miragem
no meio
do seu desalinho.

13.1.17

12.1.17

Imperícia

meti meu coração
na contramão
carai véio
veio a curva
me fudi
nem vi
o perigo
tudo bem
foda-se
acidentes acontecem
morri de novo
e de tanto
morrer
estou mais vivo.

9.1.17

Intenções

nossas boas
intenções
e ações
nem sempre
têm o efeito
que desejamos
pudera
se não sabemos
de onde viemos
como saber
aonde vamos?

5.1.17

Desumanos

não existem irmãos
não existem manos
apenas sócios
contra os direitos
de sermos

simplesmente

humanos.

3.1.17

Poema Novo

esse ano
botou um ovo
talvez da serpente
talvez de algo
novo
esse ano
botou um ovo
e a natureza
do bicho
está nas mãos
do povo.

29.12.16

Mentes e corpos

às vezes
mal habitamos
nossos corpos
estamos vivos
estamos mortos
ou somos só
irremediavelmente
mortos?

23.12.16

Natal e poesia

cabe ao poeta
falar de amor
nesse dia?
sem medo
da pieguice
da mesmice
e da realidade
fria?
ao poeta
tudo cabe
tudo pode
tudo em demasia
até porque
tudo vale a pena
tudo serve
tudo é mais valia
desde que encha
com um pouco
de sentido
essa existência
tão vazia.

16.12.16

Um bom sujeito

o sujeito saiu
disposto
a fazer um poema
que se foda
o tamanho
da alma
se ela é grande
se é pequena
qualquer vida
vale o brinde
qualquer ingresso
vale o cinema
o sujeito
saiu com gosto
e voltou
com a alma
toda enfeitada
e uma alegria
que dá
até pena.

11.12.16

Prece

ó Senhor
conserta a vida
torta
impura
transversa
desse pobre
poeta
errador
ó Senhor
que sempre andou
certo
reto
ereto
tão nobre
santo
protetor
ó Senhor
o senhor vai
me fazer
esse obséquio
esse favor
de endireitar
o que anda
errado
e acertar
ó Senhor
onde o senhor mesmo
errou.

ETs

mundo
lugar esquisito
onde a gente
se desencontra
o raio
fugindo
da chuva
a mão
sumindo
da luva
o vinho
fingindo
que não uva
mundo
lugar perdido
onde a gente
quase
se encontra.

6.12.16

Fulos da vida

fulano teve um filho
fulaninho
fulanito
bonitinho
bonito
o fato é que fulaninho
cresceu
e virou
o ilustre fulanão
famosão
fodalhão
maior que o pai
melhor que o
velho
e muito mais bem
sucedido
fulano envelheceu
fodidão
fodidito
mas isso é só
um detalhe
nesse mundo
esquisitão
muito esquisito.

2.12.16

Monastério


há na solidão
um mistério
muitos
não o levam
a sério
mas é assim

isolado

que encontro
o real sentido
de ter estado

tão só

ao seu lado.


27.11.16

Fidel

herói revolucionário?
ditador sanguinário?
vamos combinar
se você
não tem ideais
nem imaginário
Fidel
foi grande demais
para o seu
pequeno
armário.

22.11.16

Niterói 443

amo minha cidade
sua mocidade
e essa velha
amizade que resiste
aos encantos
da vizinha
mais bela
do mundo

amo niterói
como se rio não
houvesse
e tesão não
me desse
de traí-la
com a cidade
maravilhosa

quem mandou
não ser
tão linda
mas ser
assim

tão gostosa?



18.11.16

Meteorologia

tá esquisito
não tá favorável
tá diferente
lá fora
rola uma seca
aqui dentro
cai uma enchente.

17.11.16

O ódio

movidos pelo ódio
nos transformamos
todos
em seres raivosos
movidos pelo ódio
nos transtornamos
muitos
para sermos odiosos
movidos pelo ódio
nós transitamos
sempre
rumo às trevas
mudados pelo ódio
nós seremos
eternamente
sombras.

13.11.16

Imundo


ih mundo
você está por fora
perdeu o bonde
perdeu a hora
e agora
faz cara feia
manda seus filhos
embora
ih mundo
que porra é essa?
onde você ia
com tanta pressa?
tirar a mãe da zona
e o pai da forca?
ih mundo
volta e recomeça
você sempre
faz bobagem
quando
se apressa
é mundo
não tem mais
conversa
ganancioso
inescrupuloso
impiedoso
e sem a mínima ética
você está feio
deformado
poluído
desidratado
enfim
és um mundo de merda.

8.11.16

Capetas

o demônio
que sugeriu o amor
deve ter caído dos céus
e por vingança
virou humano
o demônio
que inventou a dor
também compôs um blues
e improvisou o solo
ao piano.

6.11.16

Permanente


uma revolução coletiva
deve ser a soma
das revoluções
individuais
seja uma revolução
permanente
em lutas
transcendentais
faça uma revolução
por dia
em doses
monumentais
avance contra os muros
internos
com a fúria
dos animais
quem sabe
você descubra
um dia
que eles nem existem mais.