Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

O cara

sou macaco
sou tião
como banana
toco punheta
e jogo merda
na sua
pretensão.


Bobó de bobagens

fico bobo
com tanta bobagem
compartilhada
igual salada
que mal
temperada
não leva
à nada
é copa
cozinha
quarto e sala
e a casa
entulhada
dessa tralha
espalhada.


Imaginossa

não existe
riqueza maior
que a imaginação
a minha
a sua
a nossa
a imaginação
que com sua fantasia
faz a realidade entrar na fossa.

As armas de Jorge

nada
é mais eterno
que a luta do bem
contra o mal
em cada esquina
em cada mapa astral
deus e o diabo
disputam
sua alma imortal.

Astrólogo

sim
estudo estrelas
embora nem possa vê-las
tento entendê-las
sim
estudo estrelas
vejo novelas
num céu
de dramas
encontro portelas
em passarelas
e via lácteas
de amores
taras
tristes
e alegres
obsessões sim
estudo estrelas e encontro ETs
onde nunca imaginei.

Eclipse

você sumiu
no meio da lua
fugiu
quase nua
receosa
da minha
iluminação
mal sabia
o quanto
eu era escuro
e que sua
luz pálida
era a única
que iluminava

minha escuridão.

Abrupto cupido

reconheço
sua elegância sutil
de caetano (e bobô)
reconheço
que seu tempo
não passa
e nem passou

mas também

reconheça
meu bem
reconheça
a deselegância discreta
desta seta

que acertou

bem no meio
do seu alvo e calvo
amor.

Cronologia

ah, o amor as folhas caem
as flores brilham
as mãos se entrelaçam ah, o amor os sinais abrem
os sinais fecham
os corpos se abraçam ah, o amor o café no bule
o pão na mesa
a comilança na cama ah o amor o fim é logo ali
o início foi lá atrás
o desejo é nunca mais.

Gaveta

no meio de uma tristeza

perdi um poema
misturado
que ficou
nas milhares
de dores alheias

é difícil
encontrar
a própria cor
quando a vista
se embaralha numa
gaveta de meias.