28.4.07

Chuva e vento

natureza em movimento
perdi o assento
voou o chapéu
com a força
dos elementos

passei maus momentos
até entender
que o entardecer
não tarda
que o anoitecer
não falha
que o amanhecer
não falta

dá um tempo

pois a tristeza faz parte
da natureza torta
dos sentimentos.

4 comentários:

Tião Martins disse...

O tempo vira, o tempo voa, e a esperança da gente continua numa boa.

Ariadne Aline... disse...

E eu que moro na Praia?
Quase voei junto com o vento,qdo saí pra ir ao médico!
:)rsrsrs
Msmo eu estando mais ou menos(+ cof,cof,= xarope amargo!)não pude deixar de comentar a tua poesia!
Parabéns!Leve como o vento são as tuas palavras,soltas no pensamento...
Vixi!Cabei de inventar!
Tô poeteira hj!
Bjos e bom feriado!
APROVEITA!
CARPE OMNIUS!

Tião Martins disse...

Obrigado Ariadne, bom feriado pra vc também.
Beijos e melhoras.

Bia disse...

A-DO-REI!!!! Muito bom mesmo! Fantástico, Tião!!! Hehehe... Bjos!!!!!!