23.5.15

Elefante

tem um tempo
que não escrevo
um poema
quebro uma perna
ou entro em cena
tem um tempo
que não peço
uma esmola
jogo uma bola
ou choro
até dar pena
tem um tempo
que não faço algo que ajude a colocar esse elefante que é a imaginação
numa realidade
tão
pequena.


Nenhum comentário: