13.10.15

Avesso

às vezes lembro
que faço poemas
indevidos
impróprios
sobre diversos
temas
às vezes lembro
às vezes esqueço
e faço mais poemas
do que mereço
um dia
vou pagar o preço
enviar todos
para o mesmo
endereço
trancá-los em casa
explodir tudo
implodir
a consciência
recomeçar do avesso.

Nenhum comentário: