7.12.15

Uma taça

não posso tomar vinho
que bate uma saudade
não sei de quê
do tempo que eu era adivinho
da época em que eu via tevê
não sei se é saudade de mim
não sei se é de você.

Nenhum comentário: