30.4.16

Ato consumado

tinha esquecido
que amar
era esse desaguar
de cores
esse desamarrar
de sapatos
esse desarreio
no mato
esse desmazelo
no quarto
essa dor
esse parto
e não volto mais.


Nenhum comentário: