24.8.07

A paixão

fiquei cafona
perdi o senso
comprei incenso
e rosas vermelhas
vi velas acesas
no fundo dos seus olhos
pedi sobremesas
descansei nas ondas
dos seus cabelos
e não satisfeito
passeei nas curvas
do seu corpo

quando acordei
estavo morto

voltei a ser um
afogado nas rimas
de um lugar-comum.

5 comentários:

Tião Martins disse...

Xi... acho que fiz um samba-paixão.
rs!

Ariadne Aline... disse...

Vamos cantar...
A paixão me pegou
Tentei escapar
Não consegui
Nas asas do teu coração
Sem querer não resisti
...

Será que cantando essa música todos os dias eu chamo uma paixão pra mim?
Huahuahua Tomara
=* e mto bom como sempre!
;)

vαℓéя!α tαяeℓhσ disse...

pode ser um chorinho ;)

bj!

Luiz Maur�cio disse...

Sem palavras...

julietamonlleo disse...

Eita paixão desenfreada...
Feroz, veloz, o algoz
Sempre machuca a apaixonada.

E que delícia estar envolto
Neste furioso furacão
Que chacoalha e se desfaz morto!
------

É, se apaixonar não é mole...
Mas é muito bom viver uma paixão.
Uma paixão medidamente dosada...
Paradoxo, sim! Assim é a paixão.

Bjins:(:)