18.8.07

Morte

não existe nada de novo
em nossa natureza

morta

ela sempre bate à porta
dos de vida reta
dos de vida torta

não existe nada a tremer
agora e sempre
a inês é

corta.

4 comentários:

Tião Martins disse...

Morrer é normal. Estranho é viver mal.
beijos

Bia disse...

Boa!!!!

Gostei muito, teacher... muito mesmo!

"a inês é / corta" ficou show!!!

Bjos!

vαℓéя!α tαяeℓhσ disse...

um viva a você!
o que me dá mais prazer é que nada aqui é óbvio. você me surpreendende, supera expectativas.
poetas não morrem, ainda bem.

bjo!

julietamonlleo disse...

Mais um enterro
um alguém de beleza

torta

E se já está morta
Já não vale mais a seta
que mira e corta

mas alguém há de temer
a palidez e o ventre
a tez já

Porta!
-------------------

Rsrsrsrs...
Muito bom brincar de escrever com vc! rsrsrs...

Bjins:(:)