30.1.08

30

tem mês que é trinta
tem mês que é vinte e nove
tem mês que se move
pelo ano afora

tem mês que pinta
tem mês que promete
tem mês que se mete
no meio do semestre

tem mês que é tinta
e se escreve pra sempre
na memória calendária
da história transitória
de tantos dias
iguais.

3 comentários:

Tião Martins disse...

Homenagem à rotina, tão querida, de tantos dias 30 que não voltam mais.
E lá vem outros carnavais...

Maria disse...

evoé !

Anônimo disse...

Tem mês que a regra vem,
Tem mês que ela não vem,
E a gente se pergunta
"- Será que é do bem?"

Beijos Mil da Mili (assinei meu apelido desta vez)