26.9.10

Filhos e festas

deixar os filhos nas festas
é como morrer um pouco
festejar o sentimento
da festa que não fomos
na alegria
daqueles que não somos

acelero o carro em direção
ao passado
sonho em ser atropelado
pelo olhar imperdoável
de cada nova
geração.

4 comentários:

Tião Martins disse...

Ah, a vida é uma festa...

Marcela disse...

Muito bom!

Cesar Costa disse...

Tem que ficar esperto pra não ser atropelado, tio. A geração atual periga nem ver que atroppelou...

Anônimo disse...

o tempo, é pra quem sabe os seus segredos...