26.9.16

Engenhos de dentro

dentro de cada um
de nós
moram montes
de gentes
moram médicos
putas
porteiros
gerentes
moram presidiários
polícias
engenheiros
assistentes
moram marinheiros
piratas
acrobatas
presidentes
moram operários
santos
demônios
penitentes
dentro de cada um
de vós
com ou sem
voz
gritam
o assassino
a vítima
o juiz
e os indiferentes.

Nenhum comentário: