9.9.07

Beethoven

estou surdo
mas sinto
a música
fluindo
passo a vida
sentindo
indo e vindo
mesmo que nenhum movimento
tenha sentido
torno humano
o mundo
em que vivo

sou surdo
tenho a felicidade
de não precisar mais
ter ouvidos.

3 comentários:

Tião Martins disse...

Para ler, ouvir e não pensar.

Ludmila Roumillac disse...

Olha... muito boa meeeesmo! Talvez uma das coisas mais surreais que já li aqui... Esse cara eh foda!!

Anônimo disse...

;)
Mto,mto foda!
Um dia escreverei assim!
Verás!