7.9.07

Dependência

sou dono do meu destino
escrevo embaixo
e assino

sou senhor do meu karma
miro o futuro
uso arma

sou proprietário do meu conjugado
ando livremente
no metro quadrado

sou independente do meu verso
morro de medo
e me despeço.

2 comentários:

Tião Martins disse...

Independência ou morte?

Caroline Monlleo disse...

É!
Me diga, a independência onde está?
O humano é um ser dependente...
de comida, de lar
de amor, de dar
de amigos, de estar
de carinhos, de azar.
E nesse momento para seguir
Dependo de um longo repousar.
Rs.

Bjins e bom fim de feriado:(:)