5.11.07

Deprê

depressivo persigo a tristeza
como um doce de festa sem comida
depressivo percebo o obstáculo
como a grande muralha da china

depressivo afasto a alegria
como se ela fosse
o sintoma
de uma mundana vida feliz

depressivo enfio o pé na lama
escorrego e caio
da cama
para mais um abençoado dia

de bis.

5 comentários:

Tião Martins disse...

Um pouco de depressão é sempre elegante.

Luiza disse...

Seus problemas acabaram!!
Beijos


PS: Que pretenção... mas a gente tenta!

Caroline Monlleo disse...

Claro.
E parece que hoje foi o dia da nossa elegência, não é? Depois lê o que escrevi também.
Enfim...lembrei de uma música do Barão "Eu não sei o que o meu corpo abriga nessas noites quentes de verão. E nem importa que mil raios partam qualquer sentido vago ou sem razão...Eu ando tão down...eu ando tão down...outra vez vou te esquecer pois nessas horas, pega mal sofrer..."

Beijo:(:)

Cristina disse...

Digamos então que sou elegantérrima.... ahahahah! Nem tanto.... E trate de voltar ao mundinho sem graça nosso de cada dia. Beijos

Daniela disse...

posso me juntar ao time?
É que ontem eu tive o meu carro rebocado :P

Beijos

Dani