25.2.08

Navio

flutuante
o verso


se des

loca

toca o céu
da boca

e depois
afunda

bate âncora
na bunda.

3 comentários:

Tião Martins disse...

Lá vai o navio via vista do rio...

Moacy Cirne disse...

Puxa, uma boa surpresa a sua visita. 78 a 82? Faz tempo, hem? Você deve ter sido colega de Analéa, a mãe de minhas filhas (mas já estou no terceiro casamento). E surpresa você terá no Balaio Porreta de amanhã. Um abraço.

Luiza Sarmento disse...

Genial amigo!