9.5.09

Manhê

mamãe
mãe
manhê

desde que você se foi espero por você
quase ouço sua voz
escuto seu pigarro
imagino sua reação
a cada erro que faço

mamãe
mãe
manhê

não sei se aonde você foi a internet é fácil
não te encontro no google
nem te vejo no orkut
nenhum pio no twitter
sem visitas no meu blog

mamãe
mãe
manhê

sinto mesmo muita falta de te ver
seu filho já tem quase cinquenta
e faz poemas pra mostrar
que não morreu

fica na espera
de um milagre

um post seu.

6 comentários:

Tião Martins disse...

Saudades da minha mãe.

Cris Carnaval disse...

Sempre, né? "Melhor ter saudade que ter que caminhar vazio"

Tenório disse...

Ei Tião, nota mil. Demais.

tania não desista disse...

oi ,tião
fiz ,também,um poema pra minha.espero que ela veja....e ainda, de uma,bisbilhotada no seu..tá muito bom! abrs
tanianaodesista

Renata de Aragão Lopes disse...

Que bonito...

Anônimo disse...

Poxa... eu poderia ter escrito isso... traduz tão bem...!