Pular para o conteúdo principal

Puxa

puxa puxa
o rabo da bruxa
o olho da cobra
o saco do velho

pisa pisa
o calo da velha
o rabo do gato
a cara do sapo

mata mata
o sono do justo
o silêncio do puro
o sossego da gente

hoje é dia de magia
e tudo que parece
no fundo
é diferente.

Comentários

Tião Martins disse…
Dia das bruxas!!!!
tenório disse…
Hahaha, muito bom, Tião!
Talita Prates disse…
Muito bom, hein!
Uma delícia de ler.

Bjo. :)
tenorio disse…
Ei bom Tião, meu caríssimo amigo virtual!

Fiz um blog onde publicarei meu romance em capítulos virtuais. Cara, como sei que ninguém vai passar por lá,risos, vai sobrar pra você, que já considero amigo. Se puder passe por lá, será um prazer enorme.

Enfim, é isso queridíssimo!

garciavaimorrer.wordpress.com
Tião Martins disse…
Boa tenório! vou lá olhar. abraços!
Joe_Brazuca disse…
teatral !

teatralizou-me...buuuuuu !..rs

bom !!!

Postagens mais visitadas deste blog

Tiradentes

joaquim josé da silva xavier
foi pro tudo ou nada
foi pro que desse e viesse
foi apresentado ao laço
foi dividido em pedaços
espalhado
dispersado
como a consciência nacional

mas não fizeste mal
joaquim

cortaste um dobrado
mas ganhaste um feriado
que se por ti não foi gozado
é por nós aproveitado

tenho dito
e obrigado.

Poema biscoito

somos farinha
do mesmo saco
irmãos na mordida
no farelo
no tasco.