20.10.06

Filhos


sucrilhos
do meu leite
esperanças
desde ontem
ovomaltines
dois copos cheios
saudades
das infâncias
eternidades
duas lembranças
filhos
do meu amor
com todo amor
que a vida alcança.

5 comentários:

Hugo disse...

aê tiãoooo
quero ver uma poesia da matilde, dos seus bichos e dos seus alunos hein!!!
abraço

hugo disse...

ahhhh vc nao vai se lembrar, mas fui seu aluno, aquele chato q faz niver no msm dia q vc!
vlw

Thais disse...

hahahah "do meu leite" foi muito bom!

adoro poesia!! c a sua criatividade entao, fica otimo! hahaha

depois da uma passada la no meu flog pra vc lembrar da minha cara!

alias vc será o homenageado da minha turma no final do ano!

faz um discurso poetico hein? hahaha

bj

Ana cristina disse...

Taí um talento seu q eu desconhecia. Gostei muito e continue nos presenteando com estes "conjuntos" de belas palavras!

Cris Carnaval disse...

Sim... seus filhos são isso e muito mais! Parabéns pelos filhos, parabéns pela poesia, que tbm são filhos. Bjs!