18.10.06

Sonrisal

a dor faz poesia
odor faz maresia
a flor faz todo dia
parecer
melodia
bem que eu podia
perecer
meio-dia
o sol subia
você descia
eu sabia
que a vida
é doce
mas quem diria
que me daria
azia.

2 comentários:

Ligia disse...

Me dá um engove que eu fiquei embreagada com o que eu li. Tião, justo eu, sua estagiária, que compartilhei com vc meus textos, meus erros, meus primeiros acertos, não sabia que você também transformava o olhar em poesia. O que você fez na publicidade me inspirou a ser redatora. Agora, entornando este sonrisal guela abaixo, me deu vontade de ensaiar poesia. Quanta influência ainda existe! Acho que você será para sempre meu professor. O que a propaganda embaça, o lirismo desanuvia. Espero aprender também esta lição.

Ligia disse...

Desculpe-me pelo embreagada. É que eu não bebo, nunca fico embriagada. beijocas.