18.4.09

Vigilante

de noite
ou de dia
sempre no volante
vai pela rodovia
que a vida passa

adiante

não há placas
nem sinais
não há marcas
na estrada

só o instinto
rodoviário
e os pneus
cantando na chuva

como se a viagem
fosse uma vida

e a vida
fosse um filme.

Um comentário:

Tião Martins disse...

Ao grande Carlos, vigilante rodoviário.