1.11.13

Amaral, o normal

amaral era um homem
normal
daqueles
em que as mulheres não acham graça
que passam pela vida
e não que a vida passa
trabalhava
não era romântico
nem fazia graça
não batia
não apanhava
nem tomava cachaça

amaral
vivia por ela
pelos filhos
e pela continuidade
da raça
amaral
não era sensual
nem era
uma desgraça
era daqueles homens
que a história gasta

as mulheres esquecem

um homem comum
numa cova rasa.

Nenhum comentário: