Pular para o conteúdo principal

Amaral, o normal

amaral era um homem
normal
daqueles
em que as mulheres não acham graça
que passam pela vida
e não que a vida passa
trabalhava
não era romântico
nem fazia graça
não batia
não apanhava
nem tomava cachaça

amaral
vivia por ela
pelos filhos
e pela continuidade
da raça
amaral
não era sensual
nem era
uma desgraça
era daqueles homens
que a história gasta

as mulheres esquecem

um homem comum
numa cova rasa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tiradentes

joaquim josé da silva xavier
foi pro tudo ou nada
foi pro que desse e viesse
foi apresentado ao laço
foi dividido em pedaços
espalhado
dispersado
como a consciência nacional

mas não fizeste mal
joaquim

cortaste um dobrado
mas ganhaste um feriado
que se por ti não foi gozado
é por nós aproveitado

tenho dito
e obrigado.

Poema biscoito

somos farinha
do mesmo saco
irmãos na mordida
no farelo
no tasco.