7.11.13

Serraria

eu na agonia
sofria todo dia
morria toda noite
mas por falta de sorte
acordava meio firme e forte
nas mãos um serrote todo afiado
pronto para enfrentar sua linda cara 

de pau [na mão].

Nenhum comentário: