12.1.14

Sinastria

eu invado suas casas
sem pedir licença
conheço seus desejos
sei o que você pensa
limito seus anseios
invento novos temas
seus planetas
beijam os meus
mas não vejo
nenhum problema
até que o tempo
e o trânsito

implacáveis

resolvem entrar em cena.



Nenhum comentário: