12.6.16

Trocas

troque o
[até que a morte nos separe]
por um
[até que a vida nos una]
o amor
não é algo
a ser mantido
é obra
a ser construída
é esforço
mútuo
de almas perdidas
é fósforo
aceso
na ilusão
de iluminar
toda a avenida.

Nenhum comentário: