2.4.17

Chovente


a chuva
ando chovendo
de repente
súbita
indiferente
aos desejos
e à secura
da gente.

2 comentários:

Nadine Granad disse...

... Chovemos e nem sempre molhamos!...

Belo!

Beijos =)

Tião Martins disse...

Beijos Nadine!