29.4.17

Movimentos

quanto maior
a repressão
maior será
a revolução
se todo repressor
soubesse a dor
que a gente
sente
seria
revolucionário
daqui pra frente.

2 comentários:

Nadine Granad disse...

Esse jogo de opostos precisa funcionar!...
Hoje o opressor, amanhã... quem sabe?

Somos elásticos, esticam-nos, mas uma hora voltamos - ou preferencialmente arrebentamos no dedo de quem o forçou!

Beijos =)

Tião Martins disse...

Com certeza Nadine! Beijos!