Pular para o conteúdo principal

Fisioterapia

massageie o ego
ponha gelo na consciência
faça acupuntura da realidade
alongue os limites da imaginação

será que existe alguém nesse planeta
que possa se considerar inteiramente são?

são coisas da vida
celulites da paixão
estrias do pensamento
artrites da razão

corrija sua postura
flexione até o dedão
saiba que a existência é dura
mas tem fisioterapia
arte
e
emoção.

Comentários

Tião Martins disse…
Essa semana deu pra cansar. Mas há sempre algo pra relaxar. Não vou me alongar nesse papo... saúde pra todos.
Ariadne Aline... disse…
tadinho...tá estressado????
Vai pescar!
Placa de sg!
huahuahuahuahua
Caroline Monlleo disse…
Depois comento sobre a poesia. Agora venho te contar um segredo
"carolinemonlleo.blogspot.com"

Obrigada! E não conta pra ngm, por enquanto...Rs

Bj & carpe diem:(:)
Tião Martins disse…
Bingo Caroline!
Bia disse…
Adorei, Tião.... é de "honrar" qualquer fisioterapeuta! Hehehe... Mandarei para uma amiga minha, que é fisio, tá? Mas, podexá que ela saberá que não é minha... apenas que gostei da poesia!

Aproveitando para responder à Caroline: Vc escreve aqui e não quer que conte pra ninguém?? Sinto lhe informar, mas o blog do Tião não é tão "anônimo" assim... automaticamente, eu já sei e outros saberão também! Ah... claro... PARABÉNS!

Bjos aos dois!
Tião Martins disse…
Bia, tenho uma certa dívida "cervical" com os fisioterapeutas. Gosto muito desse povo!
Hanya Maria disse…
Olá, parabéns pelo seu poema...sou fisioterapeuta e senti-me lisonjeada.....tomei a liberdade de envia-la à alguns pacientes e não esqueci de citar sua autoria.
Parabéns mais uma vez.
Tião Martins disse…
Obrigado pela visita Hanya. Realmente tenho uma dívida de gratidão com os fisioterapeutas.

Beijos.
Anônimo disse…
meu ultimo dia dos fisioterapeutas como estágiaria... que honra ser fisioterapeuta! parabéns pelo texto!

=)

Postagens mais visitadas deste blog

Tiradentes

joaquim josé da silva xavier
foi pro tudo ou nada
foi pro que desse e viesse
foi apresentado ao laço
foi dividido em pedaços
espalhado
dispersado
como a consciência nacional

mas não fizeste mal
joaquim

cortaste um dobrado
mas ganhaste um feriado
que se por ti não foi gozado
é por nós aproveitado

tenho dito
e obrigado.

Poema biscoito

somos farinha
do mesmo saco
irmãos na mordida
no farelo
no tasco.