22.3.07

Resumo

assumo a síntese

do limão
limonada
do irmão
mãos dadas
do avião
horas voadas

não há nada nesse mundo que não leve uma aparada

humanos um
máquinas zero.

5 comentários:

Caroline Monlleo disse...

Sintetizar
um mundo
sintético
não profundo
patético!

Reduzir
pincel
uma mão
papel
está bom!

Revirar
mudança
pra quê?
esperança
pra quem?

Comodidade é o que impera, não?

Transformemos
Transforma
Trans
T.
------------------------------

É, o "Resumo" me inspirou!
O que achou?

Bjs e carpe diem:(:)

Tião Martins disse...

Gostei Caroline! Acho que já está na hora de vc ter seu blog!
Bjs!

vαℓéя!α tαяeℓhσ disse...

é poda

ao
aparar
arestas
:
ares

[será
arte?]


resumindo:
bj, Sb, adorei a síntese.
dá para brincar bastante com os dois últimos versos [ou estou viajando??? :)]

Bia disse...

Muito bom, Tião!!! E tb muito bom, Caroline!!!

Parabéns aos dois! Que pena que eu tb não sei fazer, mas.... pelo menos, enxergo e sei ler! Hehe...

Bjos...

Tião Martins disse...

Léria: a idéia do "resumo" foi mesmo abrir espaço para a "brincadeira" com as palavras. Legal que as pessoas partam desse poema para a criação de suas próprias sínteses.

Bianca: tá na hora de vc tentar também fazer seus jogos de palavras. Quem sabe, entre Rio e Niterói, não surge alguma coisa?

beijos para as duas!