12.7.09

Perdas e danos

meu pai perdeu
sua gaita alemã
ficou bem triste
mas não saiu do seu tom

comprou pão de manhã
e foi tocar seu acordeon.

5 comentários:

Tião Martins disse...

Por essas e outras que eu não sou gonzaga mas respeito os oito baixos do meu pai.

Renata de Aragão Lopes disse...

risos

É preciso que se haja assim na vida!
Perde-se aqui, ajeita-se logo ali.
Pra que, afinal, tantas lágrimas?

Um beijo.

tania não desista disse...

um bom músico ,precavido...vale por dois!...não é à toa, que és
poeta,publicitário e professor!
bjos tião
taniamariza

Tião Martins disse...

Renata, meu pai é um exemplo pra mim. Teve câncer (dois), superou e taí firme aos 80 anos. E ainda toca vários instrumentos.

Tania, já eu só toco teclado... e de computador! rsrsrsrs

Cris Carnaval disse...

Nada como uma boa música para amenizar os problemas e acalmar os corações.