18.9.14

Assombração

em alguma vida
eu fui adulto
cansado 
desse desatino
desapareci

virei um vulto.



Nenhum comentário: