8.9.14

Com licença

meus poemas são assim
feitos de qualquer jeito
sem pé nem cabeça
cheios de defeitos
meus poemas são assim
sem fim nem começo
acho que faço errado
há quem diga
[tá perfeito]

meus poemas são assim
quem não tá a fim de ler
pede licença

e solta um peido.



Nenhum comentário: