25.11.06

Genesis

você nasceu
eu nasci
todos estamos aqui
esperando
o que há
de vir
um ônibus
um barco
um trem
um metrô
também
levando nosso código
genético
ético
hermético
daqui pra li
não sei
não vi
passou?
perdi.

7 comentários:

Tião Martins disse...

Essa vida é rápida. Em que ponto (de ônibus) fomos parar...

tata disse...

simplesmente foda!
suas poesias nao precisam de mais nada, são poucas palavras q se completam e formam sentido!

obs: mudança de planos, vou na facul na quarta de manha entregar os convites!
terça tenho um compromisso!

qualquer problema me avisa!

bjs

Vanessa Moutinho disse...

A gente não pára nunca!

Amei a iniciativa, Tião... Por mim e por você! ; )
Demorei pra passar por aqui, mas tô feliz da vida por ir dormir com essas idéias na cabeça.
Deus te ilumine assim sempre!

Até a próxima poesia!

Beijo no coração!

Manu Sarmento disse...

Tião,
Também não sei nem vi.
Mas eu espero feliz e de batom.
(Será que vai borrar o código genético?)

Adorei!
Beijins!

PS-Depois que eu aprendi a postar, fiquei assim, compulsiva.

Dani sob efeito das provas disse...

Tá esse anônimo aí sou eu

bjs

Anônimo disse...

Embora eu
antes aqui estivesse
e você aqui esteja
eu não mais estou
Fui...
embora

bjs

Nina disse...

Ola Tião te achei na comunidade : poesia brasileira...adorei a forma como escreve...Gosto de certa simplicidade.
Parabens
bjão