14.11.06

Jabuti

ganhei uma jabuti
que se chama julieta
cuidado com a rima
que a coisa fica preta
ela anda devagar
mas vai longe
essa princesa
se o mundo é ligeiro
diz que é coisa
do capeta
muito sábia
minha amiga
leva a vida
sem receita
só se apressa
pra comer
mas sem muita
etiqueta
aí eu penso
vou morrer
vai ficar
a julieta
ela responde
é o destino
meu romeu
erro seu
ser tão
cometa.

5 comentários:

Cris Carnaval disse...

Rs. Essa Julieta faceira... o gato e o Brutos devem estar com ciúmes. Se vc for fazer uma poesia para cada bicho q vc tem, isso aqui será quase um portal do zoo. Rs. Bjs

Tião Martins disse...

Pode deixar Cris. Vou providenciar poemas para todos os meus bichos. O problema é que quando eu acabar já vão ter mais uns quatro ou cinco...
Bem, de qualquer modo, Brutos, Kelly, Luna, Samurai e Nikita não podem ser esquecidos!Rs!

Dani disse...

Tenho um cachorro
o nome dele é Bilbo
a rima não é o meu forte
só posso dizer
se você o provocar
ele vai te trair

Ariadne Aline... disse...

Tão poeteiro esse kra...
rsrsrs
Ficou fofo o poema!
Ah é!Fofo não...
:)
rsrsrsrs

Vanessa Moutinho disse...

Já tinha me identificado com a Julieta! Agora, cara, me emocionei... Arrisco dizer que é a poesia mais linda! Pra mim, é claro, apaixonada pelo amor, a comunicação e a sabedoria da relação entre a gente e os bichos... Mandou bem, Tião! Essa poesia é eterna na minha vida! Inesquecível!